Renata Cristina de Oliveira Tomaz

Doutora (2017) em Comunicação e Cultura (2017), na linha de pesquisa Mídia e Mediações Socioculturais, com Bolsa Faperj Aluno Nota 10, pela mesma instituição, onde também concluiu o mestrado (2011), com Bolsa Capes, e a graduação em Jornalismo (2004). Pesquisadora integrante do Núcleo de Estudos de Mídia, Emoções e Sociabilidade (NEMES), inscrito no CNPq. Editora associada da revista DESidades, vinculada ao Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa e Intercâmbio para Infância e Adolescência (Nipiac), baseado no Instituto de Psicologia da UFRJ. Vencedora do Prêmio Eduardo Peñuela 2018, concedido pela Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Comunicação (Compós), na categoria Melhor Tese de Doutorado, com o trabalho “O que você ser antes de crescer? – Youtubers, Infância e Celebridades”. Vencedora do Prêmio Freitas Nobre 2016, concedido pela Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação (Intercom), pelo artigo “Criança pode cantar e dançar funk? – as repercussões dos vídeos de MC Melody e as disputas na campo da infância”. Tem experiência profissional na área de Comunicação, em mídia impressa, on-line e eletrônica. Os interesses de pesquisa se concentram nas áreas de mídia, infância, juventude, subjetividades contemporâneas, culturas digitais, maternidade e redes sociais. Foi  Professora substituta do Departamento de Estudos Culturais e Mídia, na Universidade Federal Fluminense e também bolsista Faperj de pós-doutorado (2018) na Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Projeto desenvolvido no PPGMC: ENTRE A VOZ E A FALA: Youtubers mirins, celebridade e participação social
Orientadora: 
Profª Drª Ana Paula Bragaglia
Linha de Pesquisa:
Políticas, discursos e sociedade
Período:
01/2019. Bolsista PNPD/Capes (em andamento)
Link para o Lattes: http://lattes.cnpq.br/1369317687067736